Competências

Landing Page: o que é e como criar uma

Um guia para principiantes 

Se és assíduo/a aqui no blog decerto que já leste vários artigos que referem o termo landing page ou páginas de aterragem, se traduzido à letra para português.

Este artigo é então inteiramente dedicado a esta ferramenta de marketing digital. A verdade é que quantos mais utilizadores aterrarem na tua landing page, mais hipóteses terás de os converter.

Assim, o que é uma landing page, quais os seus benefícios, que elementos deve conter e um passo-a-passo simples com links para softwares muito úteis, serão os tópicos que irão ser explorados neste artigo.

O que é uma landing page?

O que é uma landing page? O que é que a torna diferente de qualquer outra página? Porque é que as landing page são tão importantes?

Simplificando, uma landing page, também conhecida como página de aterragem ou página desembarque, é a primeira página em que os nossos potenciais clientes “aterram” depois de clicarem numa ligação. 

É diferente das outras páginas como um website, na medida em que segue ambos estes critérios:

  • Tem um formulário que lhe permite captar a informação de um visitante (ex: endereço de email) em troca de uma oferta desejada. 
  • A finalidade da landing page é converter visitantes em clientes

Quando falamos de “landing pages” no marketing online, referimo-nos geralmente a uma página especificamente concebida para receber e converter o tráfego de uma campanha de marketing online.

Aqui estão alguns exemplos de coisas que poderás querer que as pessoas façam na tua landing page:

  • Fazer uma compra
  • Submeter um formulário
  • Contatar a tua empresa ou a ti
  • Subscrever uma newsletter ou lista de correio electrónico

Os 5 elementos fundamentais de uma Landing page

No infográfico acima conseguimos perceber os 5 elementos fundamentais que devem estar presentes na tua landing page. 

Elemento #1 Proposta de valor presente no título e subtítulo

“Above the fold”. “Above the fold” é um termo roubado pela indústria jornalística online que se refere ao primeiro conteúdo que um utilizador vê

Elemento #2 Call to Action (CTA)

O formulário que criaste para o teu prospeto inserir o seu e-mail para receber um guia prático ou um ebook, por exemplo

Elemento #3 Os benefícios

O importante é manter o foco na forma como teu produto ou serviço facilitará a vida do teu cliente e não o quão fantástico é o teu negócio, produto ou oferta.

Elemento #4 Prova social/ Testemunhos dos Clientes

Os testemunhos são a forma mais simples de acrescentar provas sociais à sua página de desembarque. Se quiseres que o teu testemunho seja credível aos olhos dos visitantes:

  • Inclui mais detalhes
  • Inclui elementos visuais, fotografias, infográficos, vídeos
  • Incorpora conteúdo: se tiveres comentários interessantes noutra plataforma, por exemplo na Amazon, incorpora-os. As críticas em sites de terceiros não podem ser tão facilmente manipuláveis e por isso soam mais reais e credíveis aos nossos potenciais clientes.

Elemento #5 Argumento de Encerramento/Declaração de Reforço

Uma boa página de aterragem deve naturalmente levar o utilizador a concluir que a conversão é do seu melhor interesse.

Como criar uma Landing Page Passo-a-Passo

Se quiseres criar páginas de aterragem para as tuas campanhas de marketing, tens duas opções básicas: 

  • Construir as páginas diretamente no seu site, ou 
  • Criar as páginas de desembarque utilizando uma ferramenta de páginas de desembarque.

Embora muitas pessoas hospedem as suas páginas de aterragem no seu próprio website, não é necessário teres um website para a tua landing page. Podes criar páginas de aterragem através de ferramentas de software específicas para a criação de páginas de aterragem, tais como Instapage.

Muitos fornecedores de serviços de correio electrónico também incluem ofertas de criação de páginas de aterragem, como por exemplo o MailChimp

1. Descreve a tua oferta e campanha

Um copywriting poderoso é a chave para uma grande página de aterragem. A propósito desta questão não te esqueças de dar uma vista de olhos no artigo que escrevi sobre Marketing de Conteúdo.  

Então, primeiro, cria um esboço e decide no que te queres centrar. Lista a oferta e a campanha, depois pensa naqueles pontos básicos da página que referi acima – os 5 elementos de uma landing page.

Imagina que tens uma empresa de t-shirts vintage e queres promover uma venda em pack com 50% de desconto. A tua oferta poderia ser “50% de desconto em todos os packs de t-shirts vintage de cinco ou mais t-shirts”.

2. Enumerar os benefícios e a solução

Não importa o que estás a vender, os utilizadores querem saber como irão eles beneficiar dos teus produtos ou serviços? O sucesso de qualquer página de aterragem depende de como explica aos visitantes que o produto ou serviço que está a apresentar irá resolver o seu problema.

Sê conciso e claro. Estudos mostram que quanto mais palavras forem utilizadas numa landing page, menor será a taxa de conversão. 

Ao escrever, coloca-te no lugar do teu público-alvo ou persona e faz a ti próprio estas perguntas:

  • Qual é a sensação de ter este problema?
  • O que procuro para tornar o meu trabalho ou a minha vida mais fácil?
  • Como pode o produto ou serviço desta empresa resolver o meu problema?
  • Como é que o meu trabalho ou a minha vida será melhorada depois de comprar este produto ou serviço?

Responde a estas perguntas para preparar a sua oferta. Depois avança para o teu Call-To-Action, ou seja, uma chamada para a ação.

3.  Criar um CTA convincente

Os CTAs são uma ótima forma de promover o conteúdo da página de aterragem. A frase e o botão CTA numa página de aterragem têm um enorme impacto nas taxas de conversão. 

De acordo com a WordStream, podes melhor os teus CTAs assim:

  • Usando palavras de ação cativantes, tais como “receber” e “dar”.
  • Construindo uma sensação de confiança, como “Vamos construir a sua oferta”.
  • Apelando ao sentido de urgência de um visitante, mostrando o que obterá ao submeter o formulário de imediato, por exemplo, “50% de desconto nas primeiras 50 inscrições”.
  • Um grande botão CTA deve ligar-se à cópia da página como um todo, reiterando a oferta. Deve também apresentar um desenho apelativo que faça com que os utilizadores queiram clicar.

Lembra-te, o CTA precisa de ressoar com o contexto e com todos os restantes elementos da página de aterragem. Quanto mais coesos forem estes bens, maior será a probabilidade de as pessoas se converterem. 

4. Foco no design

Um bom design numa landing page afecta o que os utilizadores sentem sobre uma empresa, produto, ou serviço. Pode influenciar a decisão de conversão de um visitante. 

As melhores práticas de design de página de aterragem ditam que o layout é consistente com a marca da empresa existente e apela ao seu público alvo.

5. Optimizar para telemóvel

Já referi acima mas nunca é demais lembrar: 49% da população mundial utiliza a Internet móvel.  Ainda que a otimização das páginas de aterragem para telemóvel raramente é negligenciada, ainda assim acaba por ser muitas vezes um cuidado que se deixa para o depois.

As (melhores) ferramentas para criar páginas de aterragem

Um construtor de páginas de aterragem é um software concebido para criar, manter e otimizar páginas de aterragem. 

Em geral, os construtores de páginas de destino ajudam os utilizadores a criar rápida e facilmente landing pages. Fazem-no de múltiplas formas – fornecendo templates, oferecendo ferramentas de edição simples, integração com outras ferramentas existentes, e assim por diante.

Apesar de muito terem templates pré-definidos, muitos construtores de páginas de destino permitem uma grande personalização. Podem fazer tudo desde testes A/B, inserção dinâmica de palavras-chave, scripts e pixels personalizados, pop-ups, cabeçalhos cativantes, e muito mais.

O Que Deves Procurar nos Melhores Construtores de Landing Pages

  1. Facilidade de Utilização: Construir uma página de aterragem deve ser um processo relativamente indolor. Embora algumas ferramentas desta lista sejam mais intuitivas do que outras, de um modo geral são bastante simples.
  1. Muitas opções de personalização: A sua página de aterragem precisa de corresponder à sua marca, e estes construtores oferecem muitas opções de personalização para alterar fontes e cores, carregar o seu próprio conteúdo e imagens, e muito mais.
  1. Análise Integrada: Vai querer acompanhar os seus dados para medir o sucesso e fazer alterações para futuras campanhas. Todos estes construtores têm ferramentas analíticas disponíveis.
  1. Integrações de marketing por e-mail e redes sociais: Um bom construtor de páginas de aterragem torna simples incorporar a sua página de aterragem em qualquer canal(s) em que a sua campanha esteja activa. Isto pode ser através de ferramentas integradas ou integrações com ferramentas comuns de marketing de terceiros.
  1. Optimização para a Taxa Máxima de Conversão: Os melhores construtores de páginas de aterragem oferecem modelos ou tutoriais que ajudam a construir uma página de aterragem de alta conversão.

Deixo-te alguns exemplos de softwares que poderás usar para criar a tua landing page:

  • Instapage – O melhor software de página de aterragem global. Ideal para equipas e agências internas.
  • Landingi – O melhor equilíbrio de preço e funcionalidade.
  • GetResponse – Melhor ferramenta de página de aterragem para quem quer uma ferramenta tudo-em-um para funis de e-mail marketing e vendas. (Em português)
  • Unbounce – Excelente software de página de aterragem, mas o preço baseia-se em conversões.
  • Leadpages – Outro poderoso construtor de páginas de aterragem. Inclui um construtor de páginas de destino e tráfego ilimitado. Ideal para empresários em nome individual e pequenas empresas.
  • Wishpond – Tudo num só software que cobre páginas de destino, concursos sociais, e marketing por e-mail. Óptimo para equipas graças a contas de utilizador ilimitadas em cada plano. (Em português)

Dicas para aumentar (Certamente) as conversões da tua página de aterragem

Vamos recapitular alguns pontos importantes que não te podes esquecer quando crias a tua landing page:

Dica #1: Faz um pedido

Dica #1: Repete a tua Call to Action

Dica #3: Utiliza elementos visuais mas não exageres

Dica #4: Evidência Social: utiliza testemunhos dos teus clientes

Dica #5: Cria um senso de urgência no visitante

Dica #6: Optimiza a sua página para ser visível e apelativa em dispositivos móveis

Dica #7: Faz testes A/B

1) Teste um item de cada vez

2) Não testes qualquer coisa

Em relação à promoção da tua landing page, deixo-te algumas recomendações:

Email: Se já tiveres uma lista de e-mails, faz uso dela. É uma ótima forma de promover a tua página de aterragem. Envia um e-mail promocional para uma lista direcionada, ou seja, mais de acordo com o teu público-alvo pata aumentar a probabilidade das pessoas se converterem. 

Redes sociais: Como provavelmente sabes, as redes sociais são uma grande ferramenta para divulgar o teu conteúdo. No entanto, não promovas em todas as plataformas. Selecciona as plataformas onde sabes que o teu público-alvo está e promove fortemente.

Conclusão

O teu trabalho não termina assim que a tua página de aterragem estiver completa. De facto, ainda agora começou.

Tens de garantir que as pessoas estão a ver a tua página de aterragem, certo? Senão qual foi o objectivo de a criar? 

Quando a tua campanha estiver a decorrer e o tráfego estiver a ser conduzido para a página, é importante não te sentares, relaxado, como se estivesses a assistir a um espetáculo.

Verifica com alguma frequência os resultados das tuas páginas de aterragem. 

Pergunta-te: “A minha oferta continua a ter um bom desempenho mês após mês?”. Se não, o que mudou?

Se tiveres outras ofertas diferentes compara-as umas com as outras e vê se consegues descobrir um padrão de desempenho melhor que o de outras.

Se tiveres uma página de destino que esteja a ter um desempenho extremamente bom, volta a promover esse conteúdo e vê se consegues obter um aumento de contactos a partir daí.

Segue-me no Instagram @business_mais para te manteres a par das novidades.

Tens algo que queiras partilhar a respeito desta temática?

Diz-me, deixando um comentário em baixo!

Author


Avatar